Domingo, 20 de Julho de 2014

Resetando dos chemtrails a quem nos "trail", nos trai e nos "trailrá"


Que essas bostas pulverizadas na cabeça da galera são fatos, é incontestável, pelo menos para os menos acéfalos que entendem que rastros de vapor cristalizado não ficam "pintados" no céu, eles esvanecem muito rapidamente, como qualquer vapor d'água.
Se ficam impressos no ar, é porque tem algum aglutinante no vapor, algo oleoso, algo que não é resultado de queima de hidrocarbonetos...
Já se sabe inclusive alguns dos componentes dessas bostas - metais, alumínio, tem bário, titânio, estrôncio e um monte de outros "terras raras" (terras raras é um nome genérico para um grupo de elementos - metais - entendidos como "raros", não pela raridade em si, mas pela inexistência de tais personagens em estado puro na natureza e dificuldade de produção), que, não por mera coincidência, são matéria-prima para produtos de alta tecnologia, usados em eletrônica, e de superimãs.

Os elementos químicos e substâncias estão sujeitos a mutações induzidas, algo transgênico, e, dependendo da forma de se produzir e da finalidade almejada, tal mutação chamamos dopagem.
Dopar é alterar as características originais de elementos ou substâncias através da adição de outros elementos e substâncias. A dopação é feita acrescentando-se uma quantidade mínima de algum elemento em outro, e o resultado é que o elemento dopado se comporta de forma diferente da normal, ou até de forma anfótera.
Metais dopados adquirem características até impensáveis, sobretudo se dopados com elementos raros, e são difíceis de se pesquisar de forma independente, como o são os metais dos chemtrails!
Dopações em metais podem originar leds, diodos, triodos (e toda a "linha" de "odos" conhecidos), capacitores, antenas, até espelhos reflexivos (bloqueadores solares são basicamente óleos misturados com "escamas" metálicas de titânio, alumínio, zinco, etc.), e metais (dopados ou não) transformam a ionosfera (se nela permanecerem dispersos) em paredes de um hipermicro-ondas! Ou seja, se for emitido pelas antenas de rádio (celulares, wi-fi e toda sorte de aparelhos que emitem ondas eletromagnéticas) na atmosfera terrestre a microfrequência de, por exemplo, fervura da água, todos seremos sumariamente cozidos e queimados em holocausto (não esqueçamos que o cheiro e aspecto de carne queimada é agradável a jeová, e que o povo escolhido por ele, que é o mesmo que controla tudo, É obrigado a fazer holocausto todo dia para agradar ao "santíssimo", e será recompensado com toda a Terra quando tiver eliminado todos os "apóstatas"). Um superforno de micro-ondas com paredes de alumínios, bários, cobaltos, etc. fará com que as "profecias" propaladas nos tempos protomidiáticos (antes de gutemberg) tornem-se verdade, vão esquentar o mundo e tudo acabará em fogo!
Como vemos, melhor que "prever" é entender dos recursos necessários para a realização das "previsões".
Limpa-se o mundo da "borra ignara" chamada humanidade, os sheeps (só vão sobrar sheepdogs de gods, os "chipdogs" do chipgod) e seus chips, com um simples clicar de botão, sem destruir nada das edificações e sem deixar rastros carniceiros; os rastros químicos e as ondas eletromagnéticas farão a limpa tão desejada pelos "eleitos" donos do mundo e seu criador.
Perfeito! Se não se sabe construir, obriga-se os outros a construir, só é preciso adquirir as armas mais eficazes, e, depois de tudo feito, eliminam-se os construtores para que eles não contem a verdade sobre os donos do mundo, não sem antes obrigar os construtores a construírem construtores! Os megacomputadores, as impressoras 3D, as máquinas CNC já estão aí, já não são mais precisos os gentios!
Como eu disse, perfeito! Uma entidade maldita cria um mutante que consegue pastorear os originais, induzindo-os a criarem um mundo aos moldes mutante, ao "gosto de deus", e, depois de tudo pronto, os pastores vão sacrificar, para a glória do senhor, toda a humanidade em holocausto. Ou seja, o gentio, o goy, o gado será sacrificado em glória ao senhor, e o senhor, grato, entregará o planeta ao seus transgênicos descendentes de adão, que, já completamente pederastas, fenecerão como "flores", iguais àquela que solta cheiro de carniça, pois sua agente polinizadora é uma mosca (musca domestica, criatura alada que possui uma afeição patológica por um tenro monturo do produto do buraco de cagar).

Voltando aos metais aspergidos e espargidos sobre nossas cabeças...

Alumínio, por exemplo, não existe na natureza, é metal "misturado" com outros personagens, é extraido por diferença de potencial, "cozinham-se" bauxita e outros minerais e, dessa "sopa primordial", separa-se o que interessa através de ânodos e cátodos.
Alumínio é figura comum entre os fios, junto com o cobre, e bom condutor de calor também, metais são bons condutores de eletricidade.
O mesmo acontece com todos os metais "envolvidos" nos chemtrails, todos eles têm características eletromagnéticas bastante significativas, todos podem "criar" do nada novos componentes eletrônicos - que nada mais são que "manipuladores" e "transformadores" do fenômeno eletromagnético. Um diodo, por exemplo, é uma válvula, uma porta que direciona corrente de acordo com o que se deseja, é feito de sílica e plástico preto (o plástico preto serve para isolar a sílica de contatos aleatórios e, sobretudo, para protegê-la da luz, pois ela é fotossensível, ela inclusive é o elemento utilizado em células fotoelétricas) - um pequeno cristal de sílica, por suas características físico-químicas, direciona o sentido do movimento de uma carga elétrica. Outro exemplo é o transistor, que é argila dopada, que "filtra" de acordo com sua dopação. Outro: capacitores, compostos por duas partes separadas e dotadas de polaridades opostas que conseguem armazenar uma grande diferença de potencial entre suas partes (entendendo que em eletricidade quem é positivo é o que "não tem elétrons" e o negativo é o que os tem, dessa forma a corrente se dá do pólo negativo para o positivo), um exemplo de capacitor são nuvens carregadas (água e partículas sólidas) com polaridades diferentes (separadas pelo ar isolante).
Ou seja, mudando de estado conforme o caso, dopados ou não, isolados ou combinados, os metais/componentes eletrônicos dos chemtrails "filtram" e condicionam o comportamento natural dos elétrons, assim como o condicionamento dos circuitos naturais é também decorrente dos "interesses" da Pacha Mama (dizem alguns que até os equívocos aparentes do comportamento humano são parte dos objetivos dos "circuitos" da Pacha Mama), interesses esses evidentemente diferentes dos "donos" dos chemtrails.
Todo solo terrestre é um capacitor, zilhões de capacitores (qualquer coisa que tenha dois ambientes eletrificáveis isolados e separados por um isolante, isso inclui praticamente todas as coisas existentes)! Também é transistorizado! Também é zilhões de diodos!! A Terra inteira são zilhares de camadas de circuitos impressos e chips em uma instância extrapolante, o que faz da Terra um computador! E esse computador orgânico está sendo mutado para um computador sintético, graças aos chemtrails, às poluições oriundas das indústrias, dos aterros sanitários dos "metabolismos" citadinos, de todos os produtos jogados fora a cada dia, cada ilha de plástico no oceano, o eletrólito por excelência, é um capacitor de algo imponderável, algo que é a escória de todo o nosso processo socioindustrial!
No solo está se formando, como uma placa de circuito impresso e seus componentes, a maior abominação possível, uma entidade totalmente sintética (acreditem, o verdadeiro cérebro desse ente não é um processador quântico, isso é apenas um blefe para que não percebamos a verdadeira forma de desenvolvimento desse ente), que entende vida apenas como um processo "oxidativo", um meio de decompor os elementos pertinentes ao desenvolvimento desse ente!

Observem que não estou falando que a geoengenharia está neutralizando os solos, tornando-os estéreis e dependentes de transgênicas sementes de "mãos santas", não estou falando de envenenamento compulsório de todo o bioma, estou só mostrando a verdade sobre um processo industrial de construção de chips!!!
Um chip é algo que, por ser muito pequeno, é feito por deposição gasosa. Isso quer dizer que os chips são feitos como os espelhos de vidro, que são produzidos pela deposição de um metal (alumínio ou prata, via de regra) em forma gasosa sobre uma supefície de vidro. O mesmo acontece em cada piscina de lama tóxica, que nada mais é do que um componente eletrônico de um megaorganismo. Observem as camadas arqueológicas, são camadas de uma placa de circuito impresso! Na camada fragmentada existem os circuitos impressos, a cada veio de metal existe um circuito, e todos estão sendo substituídos por circuitos de lamas, aterros, óleos em superfícies, pedaços de embalagens, todos que também são circuitos impressos metafísicos e metafóricos.
Os chips nada mais são do que "terra" (sílica) e raízes (circuitos impressos) estabelecendo caminhos, e o próprio solo é um componente eletrônico, seja um capacitor, um isolante, seja um transistor, seja um triac, seja um potenciômetro (componente que, através de um solenóide ou uma resistência, reduz ou aumenta uma carga). Ou seja, os chemtrails, em última análise, estão transformando as estruturas orgânicas em circuitos eletrônicos! Dopando-se as raízes de plantas de metais condutivos, está-se criando um superorganismo eletrônico, sintético, e com uma lógica sintética, mas que tem que se utilizar de espécies de seres orgânicos (e provavelmente até inorgânicos) para ser incubado. Esse ser eletrônico parasita o ser orgânico e, como todo parasita, induz seu hospedeiro a um comportamento pertinente aos seus objetivos parasitários e não aos objetivos evolutivos da espécie hospedada.

Outra utilidade pertinente ao assunto do alumínio: quando uma placa de computador ou outro equipamento dá pau, uma das formas de um leigo resolver o problema é "surtar" a placa (medida extrema que só deve ser feita por quem entende minimamente de eletricidade). Para isso, tiram-se todos os componentes removíveis da placa-mãe, que é então lavada com água corrente e sabão neutro. Depois que a placa seca totalmente, sem deixar resíduos de água evaporada (ou tais residuos a "doparão"), ela deve ser envolvida em papel alumínio para que todos os terminais de contato no seu verso se descarreguem em curto (o papel alumínio doa para o ar a carga estática dos componentes da placa). Pronto, a placa está novinha, sem estática alguma, pronta para a reinicialização gloriosa.

Com o colocado até aqui, analisado o que existe, entendendo como uma supermáquina composta por todos os microprocessadores, todos os eletroeletrônicos, todas as redes elétricas, tanto wifi quanto física, satélites, etc., a situação pode ser traduzida da seguinte forma:
Algo realmente medonho está nascendo, e o sistema de programação baseado na lógica "humana" será reinicializado, será resetado!!!
Os satélites ficarão de fora (serão os que manterão as rédeas controladas para o ente sintético) desse colchão de alumínio que forrará as recém-construídas estradas de circuitos de alumínio, bário, titânio, estrôncio feitas nos veios de água, de seiva, de sangue!! Todos os seres contidos na rede desse imenso organismo que tiverem alumínio (e outros elementos condutores, como o ferro em nossas veias) em suas veias serão afetados, controlados, pois já estão chipados, desde um ser mineral até os reconhecidamente vivos vegetais e animais!
Esse troço vai nascer como algo inimaginável, algo com uma lógica sintética, algo que nunca, em nossos mais loucos sonhos, poderemos imaginar, a vida sintética é algo sequer compreensível para nós.
Creio que "deus" ainda não resetou, acho que, quando resetar, haverá blecaute total de tudo que tenha eletricidade conduzida em fios, será por um período de ajuste, e depois essa praga nasce gloriosa e senhora de tudo e todos. Aí sim essa maldição será o definitivo e único deus, a "estrela da morte", o QUbit (cuja pronúncia em inglês é "kill you bit" - bit que te mata) na sua plenitude!
Para entender melhor, imaginemos um galinheiro, todos os galináceos vivem o mesmo tempo aproximadamente, e eles acham que aquele tempo é o normal, sabem que, dos galináceos que estão livres, só um em cada cem sobrevive até a idade adulta, pois, no mundo incivilizado, o que existe são os predadores. Os galináceos não têm dúvidas, o mundo de fora das seguras cercas de suas moradias é algo perigoso! Acreditam na tecnologia que eles criam com os auspícios divinos, o supremo bípede desemplumado! Não percebem que o que eles chamam de tecnologia nada mais é do que arquitetação da tal divindade desemplumada e bípede. Da mesma forma, não percebemos que estamos sendo reproduzidos de forma industrial, e eliminados de forma igualmente industrial, sistematicamente.
Enquanto o ser humano se crê assessorado pelos computadores, vai construindo uma entidade sintética que, para não ser percebida, oferece uma realidade paralela, um mundo virtual cada vez mais inclusivo de acordo com o grau de destruição orgânica, e que no final será o único mundo. Essa interação leva o viajante - o ser orgânico que, dopado, viaja na virtualidade - ao definhamento e à consequente dependência do parasítico ser sintético, em contrapartida, os humanos têm suas almas cooptadas para se transformarem em almas de máquina - a razão do existir da tal sintética criatura. Tal e qual uma matrix, a humanidade está sendo adormecida para receber seus plugs de "realidade aumentada", os "transhumanos" serão, em sua soma, com seus desejos e sonhos, os espíritos de máquina.

Publicado por Vapera às 18:22
Link do Post | Comentar | Ver Comentários (2) | Adicionar aos Favoritos
 O que é? |
Segunda-feira, 23 de Junho de 2014

Resetando oniricamente


O cego sonha um mundo com imagem ou sem imagem?
Não estou falando de quem fica cego, mas de quem nasce cego.
Uma vez perguntei a um cego isso, e ele me disse que sonhava luzes, mas não formas. Mas esse cego chegou a ver luz na tenra infância, quando sua visão se degenerou completamente. O cego, aquele que nunca viu nada, sonha um mundo sem imagem, sem luz...?
Essa pergunta sempre me intrigou.
Quem pratica projeciologia sabe que existem mundos, se for um carola, vê até entes/guias espirituais vestidos de branco, iluminados e o kralho a 4; se for um pragmático, acaba por perceber que, se pode acessar outros mundos, outros mundos podem acessá-lo também, se existe uma barreira quase intransponível que nos separa desses outros mundos, existe tal barreira no caminho inverso também, ou seja, se formos "corporalmente" (entender integralmente) para outros mundos, seremos separados deste mundo aqui pela mesma barreira, e, assim como esquecemos sonhos, esqueceremos o que é o mundo de cá.
Quando estamos do lado de lá, todas as lembranças são de lá, não existe o lado de cá, que lá é apenas um sonho!
Entendo que em cada sonho existe um mundo, e cada um desses mundos é regido por leis absolutamente particulares e exclusivas, podem até parecer com as regras de nosso mundo, entretanto podemos estar “traduzindo” para a “lucidez” algo que extrapola tudo que podemos imaginar, mas que, de alguma surreal maneira, ainda assim parece alguma coisa!
E cada um desses mundos pode ser real ou apenas o sonho de algo ou alguém, em nossa situação atual, estamos sonhando o sonho de uma aberração a qual nominam deus, que, por ter "convencido" a imensa maioria dos humanos de que é deus, acabou criando uma armadilha onde um sonho se torna real, mas ao mesmo tempo é a oportunidade que precisamos, quando estamos sonhando temos a chance de nos lembrar de nós mesmos.

Isso só pode ser entendido se tivermos energia suficiente para lembrar do outro lado (sonhos), lembrar e saber "transportar" o lembrado para "nosso" mundo sem perder a essência do outro mundo, sem "interpretar" o outro mundo. Só muita energia pessoal permite fazer essa manobra, se não tivermos tal energia, inexoravelmente mistificaremos, transformaremos o incompreensível em compreensível e perderemos o fundamental, que é o incompreensível!!
Pode parecer louco, mas não é. Observemos que tudo o que lembramos de nossos sonhos quando acordamos é uma compilação, uma interpretação do que é o outro lado. Nos outros lados, as bases de nossa existência são as dos outros lados e, quando trazemos para cá tais lembranças, usamos as bases de nossa existência DESTE lado de cá para "lembrar" dos outros lados! Mesmo se, por exemplo, sonhamos que somos cachorros, só lembraremos que tudo era "cachorral" na medida de nossas interpretações, ou seja, enquanto não tivermos energia suficiente, não teremos capacidade para abarcar a amplitude perceptiva dos outros lados. E isso é fácil de se perceber, visto que se tivéssemos tal energia, poderíamos sentir/perceber/existir tal e qual cachorros, e isso não conseguimos; os que conseguem são os licantropos mais adiantados.

Existe um comportamento fundamental para lidar com o trazer para cá as lembranças dos sonhos, é não racionalizar, é não permitir que haja julgamento.
Uma das grandes vantagens que se adquire com essa manobra é na esfera pessoal cotidiana, é o alheamento às imbecilidades perenes. Quando introjetamos tal comportamento, incrivelmente estamos "protegidos" (as aspas servem para esclarecer que não há formas de escapar da imbecilidade perene, ela SEMPRE está ao nosso lado, louca para nos seduzir ad infinitum) da imbecilidade perene do lado de cá, pois não mais julgamos os atos alheios e, não julgando os outros, não mais nos sentimos ofendidos, não mais entendemos as coisas na esfera pessoal personalista.
Quando acordamos de um sonho, estamos inevitavelmente entrando em um sonho, pois o que entendemos como realidade não pode ser entendida como "verdadeira", "concreta", visto que ao acordarmos só lembramos o que foi vivido pelo nosso "eu" do "mundo que acabou de acordar". Agora, se nós fomos dormir em um outro universo, aí é outra conversa!
Não há como saber se acordamos no mesmo mundo onde fomos dormir, sempre nos lembraremos só do mundo onde estivermos acordados/sonhando naquele instante, o "resto" será apenas sonho.
Energia é fundamental para esse entendimento. Para compreendermos até onde vai isso, temos que nos lembrar de nossa totalidade, o somatório de todos os nossos eus de todos os mundos pelos quais já zanzamos em sonhos. Isso inclui os sonhos dos quais lembramos e os dos quais não nos lembramos, sem esquecer as infinitas possibilidades de mundos infinitamente exponenciadas!

Para tudo na vida, é fundamental energia, potência, força, só essa "qualidade" abre as portas da percepção!

Aqui abro um parêntese para explicar porque não usei a palavra ateu contrapondo à proposta carola. A imbecilidade da proposta de divindade não pode ser entendida por um ateu ou gnóstico ou agnóstico, só por um pragmático. O pragmático, exatamente por pragmatismo, busca sempre reduzir os gastos energéticos desnecessários, e essa economia energética lhe possibilitará acumular energia suficiente para vir a entender que divindade existe na razão direta da covardia e na razão inversa da objetividade. Sabe que tudo o que é maior ou mais forte só é deus em uma instância de seres com menos energia. O criador e a criatura são uma coisa só, não existe o criador sem o criado e tampouco o criado sem o criador, é uma via de mão dupla, a interdependência é total, ambos sempre serão criadores e criaturas, e isso não muda nada, pois no fundo são ambos lados de uma só moeda!
O fato é que SEMPRE que algo ou alguém arroga crer (ou descrer) em deus é devido à baixa energia, à preguiça, à covardia de assumir suas responsabilidades, seus desafios, suas obrigações de deus.
Sempre que alguém "crê" em deus é porque covardemente não assume a responsabilidade de, sobretudo, entender o repto original: se somos percepção, só nos resta expandir a percepção em busca de nossa totalidade, a percepção total.
Negar deus é criar a própria limitação, é negar nossa própria divindade, é aceitar tacanhamente o maniqueista "destino" pré-estabelecido pelo status quo, aquele que cria estúpidas questões, como por exemplo o caráter lícito de deus, pois é com tais caraminholas postas nas cabeças das pessoas que se garante que as pessoas não entenderão o básico: somos responsáveis por nós mesmos!
E não adianta acreditar em xamãs, pajés, gurus, deuses, sejam antigos ou modernos, pois só nós temos o real interesse em nossa integridade e só nós podemos fazer algo realmente efetivo por nós.
Um pragmático entende que se basta, não precisa de baba-ovos e tampouco da proteção, cura, perdão, bênção, liderança ou o escambau de alguma bosta qualquer, um pragmático se limita a ser criador e criatura sem arrogar uma ou outra posição, não gasta energia à toa.
A divindade só é possível de existir se não lembramos de nós mesmos, se não lembramos nossa anterioridade, nesse caso, aceitamos até deuses, para que nos deem um propósito para justificar ou negar a nossa anterioridade.
Qualquer pessoa que faz as três clássicas perguntas dos seguidores de cogito ergo sum, "quem somos, de onde viemos, e para onde vamos", naturalmente está dispersa em estado onírico, está perdida em um sonho buscando crer até em deus para preencher, de alguma forma, a lacuna daquele conhecimento esquecido, o conhecimento de si mesmo!! É o mesmo que o personagem que procura médicos, polícias, juízes, advogados, dentistas, estado, governo, poder, status, dinheiro...
Pessoas "em sonho" são facilmente manipuláveis, pois o espírito tem como prerrogativa una lembrar de si mesmo, lembrar seu propósito, lembrar sua razão de ser (a expansão da percepção é o único objetivo de qualquer ser sensciente) e, na falta do propósito original, essas pessoas acreditam em qualquer coisa, afinal, em um sonho qualquer coisa é possível!
Esquecidas e manipuláveis, as pessoas se tornam ferramentas de propósitos outros que não os delas próprias.

Quanto mais parece concreto o sonho (concreto no sentido de se crer o sonho/mundo onde se está como única realidade existente), mais pessoas estão sonhando esse sonho/mundo juntas, e não é fácil descobrir quem é o sonhador inicial, acumulando-se energia, é possível entender que existe um sonhador que deu origem ao sonho.
Isso nos leva à situação onde entendemos que o "dono" do sonho em questão é que é o maestro que se beneficia com o sonhar dos outros, pois o sonho que vira realidade é o dele!!
Sabemos que, se não nos lembramos de nós MESMOS, está na cara que esse NÃO É O NOSSO SONHO!

Vale lembrar que é dividindo que se conquista, por isso, até o entendimento de deus foi compartimentado. Observemos que alguém que lê a bíblia, ambos os testamentos, e começa a praticar o que lá está, fatalmente vai acabar se lembrando de algo, pois, no conjunto da obra, a bíblia é um ótimo compêndio de técnicas para aumento de energia, ensina a ficar forte.
Mas como os excrementos parasitas que governam a massa ignara são "marotos", eles dividiram o conhecimento bíblico, deram o conhecimento do velho testamento ao judeu e o do novo testamento ao gentio, e, claro, o "derivativo" corão aos pagões!
Os judeus, que são entes feitos por deus, o tal dono desse sonho/realidade, não podem aprender as "cristandades", pois com isso acabariam permitindo o nascer do espírito neles (isto, no meu entendimento, só seria possível de acontecer ao judeus não puros, mestiços de judeus e não judeus), e então naturalmente entrariam em loop, pois nunca tiveram espírito só alma, e, com espíritos acabariam lembrando que precisam lembrar de algo, a fagulha primordial para o entendimento do ser perceptivo.
Entendo que os judeus são gólens criados por deus, são animados pela alma, mas não têm um espírito original, apenas são como células de deus.
Não teriam nenhuma serventia ao seu criador em estado loopista.
Os gentios (todos que não são judeus), se tivessem recebido o ensinamento implacável e brutal de guerra do primeiro testamento, teriam exterminado os judeus (da mesma forma que, se a proporção de judeus para humanos fosse inversa, o humano já não existiria há muitos milênios) há mais de 3 mil anos, e hoje só existiria uma força coesa e perigosíssima como humanidade, e aí até deus ia ter que entregar o sonho dele para essa massa!!
Os gentios provavelmente nunca se lembrariam de si mesmos, pois a doutrinação bíblica é coisa de deus e tem como meta nos fazer esquecer de nós mesmos (acreditando em um impostor como criador de algo incriável, a percepção), mas teriam potência para isso e, nessa situação, bastaria apenas um deles acordar para que os outros acordassem quase instantaneamente. Foi por isso que a divisão se fez necessária, só se domina enquanto fracos os dominados, se fortes, é impossível!!

Postas essas questões de responsabilizações energéticas, voltemos ao onírico texto.

Sonhos se tornam vívidos à medida que ficamos mais fortes, quando a atenção sonhadora, aquele laivo de "lucidez" que experimentamos nos sonhos, fica mais "acordada".
Nos "sonhos lúcidos", a sensação mais intensa que nos acomete é uma certa ausência amnésica sonolenta, quando vamos enfraquecendo conforme nossa energia vai diminuindo, essa amnésia se torna mais forte até que "caímos em esquecimento" e voltamos ao estado "bêbado original" do sonho comum, sem direção.
Nos "sonhos lúcidos", agimos muito semelhante a uma criança, para quem tudo é estupefaciante, tudo é mesmerizante. Esse fascínio do sonho (mundo) em volta tira o foco, crianças não têm foco nenhum porque para elas tudo é alucinantemente novidade. Essa não capacidade de sustentenção de foco pela mesmerização de acordar nos sonhos é o que provoca o esquecimento, pois esquecemos o propósito de estarmos ali. E isso de forma muito intrínseca, o que quer dizer que, se nós, neste instante, estamos nos lembrando de fazer alguma coisa, no instante seguinte, nos esquecemos já sendo atraídos para outra coisa, e aí começamos a esquecer de tudo sem parar até voltar ao sonho comum. Lá a lembrança está muito mais perto do esquecimento do que do lado de cá.
Entender desse assunto exige a experimentação ou vamos apenas idealizar, imaginar e conjecturar.
Regra básica é não ingerir nada que estimule ou sede o corpo, drogas nem pensar.
Tranquilidade é fundamental.
Quando percebemos que é possível viver no mundo do sonho da mesma forma que vivemos aqui, a alegria e o estupor são algo tão transcendental que queremos ir dormir o tempo todo!
É fundamental a mantrificação de um objetivo onírico, a que usei inicialmente foi intentar achar as mãos nos sonhos, idéia essa proposta por Dom Juan para Castañeda.
Existem drogas que nos levam ao onirismo total mesmo acordados, mas evidentemente são perigosas, e o resultado é muitas vezes dramático.
Não ter ansiedade é fundamental.
Sonhos acontecem seguindo também uma sequência bizarra que não tem como ser entendida, portanto devemos relaxar sem nos pressionar, pois, tal e qual inspiração, acontece além de nossa vontade. Não adianta, tem vezes que tentamos sonhar e não tem jeito, não conseguimos.
Os sonhos podem também ser induzidos pelo ambiente, existem lugares que nos levam a sonhos como uma corrente marinha, não nos deixando sair do sonho, quando sentimos aquela sensação de querer gritar ou mover sem conseguir, isso, nesses lugares, não é legal, é sinal que se está sendo levado em um sonho e pode ser assustador.
O que coloquei acima é exatamente a questão de estar forte energeticamente, fortes, além de mais seguros, somos mais intuitivos para não entrar em furadas. Se estamos seguindo um caminho diferente de buscar ficar forte de forma absoluta, não chegaremos a lugar nenhum, pois todos os lugares "lucidamente sonhados" serão esquecidos.
A única forma de ter trânsito livre dimensional é ficando forte, só fortes lembramos de nós e, lembrando de nós seja em que sonho for, garantimos que o maestro do sonho (o sonhador primeiro do mundo em que sonhamos ou vivemos - lembremos sempre que se existe alguma pergunta sobre nossa origem, é sinal que estamos sonhando, se precisamos de deus para explicar alguma coisa, é porque estamos sonhando, se de outra forma sabemos que a origem de tudo é a percepção, aquela que existe pela própria "sine qua nonalidade", aí estamos acordados) já não é maestro, mas apenas participante do sonho, mais forte, mais interferente, mas ainda assim apenas um sonhador em última análise.

Acordemos nos sonhos para que algum dia acordemos aqui também.

Publicado por Vapera às 22:52
Link do Post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
 O que é? |
Sexta-feira, 13 de Junho de 2014

Resetando a ultima coisa que gostaria de resetar

Deve ser a sexta feira 13...

Não assisto TV, tenho o mais absoluto nojo de TV, e o mais absoluto desprezo com quem assiste essa imundície.
Chego, às vezes, a observar um ou outro momento em bancos, em situações onde existe tal aparelho, e o que vejo me assusta!
Não me entra na cabeça que alguém aprecie a videotia (videotia é o simples ato de observar uma TV ligada) em alguma instância, quando passo próximo a botecos e ouço a voz do galvão bueno, me pergunto sobre qual a razão de eu ter ouvido tal voz, e a resposta é sempre a mesma, para que eu não me esqueça de que tipo de espécie que é o ser humano (imaginem o que penso sobre os que não são humanos e criaram essa agenda videota?), e o quão abnegado tenho que ser para deixar de ser de tal espécie!
Inclusive por não assistir TV, acabo percebendo coisas que quem assiste não tem como perceber, uma delas é o embalo inercial coletivo que ela gera. Não confundir com imbecilidade aguda que é o que acomete o infeliz que escreve um cartaz com dizeres que muitas vezes beiram o bizarro como por exemplo "mãe, eu estou na globo" ou "galvão, eu estou aqui" e por aí vai.
Esse tal embalo inercial é o que faz as pessoas rirem quando é carnaval, copa, e outras tolices sem qualidade, chorarem quando pilotos de corrida, que na verdade são filhotes de papais que nunca produziram nada que preste, morrem, ficarem com raiva quando o vilão da novela se dá bem, ou indignados quando os "monstros do mensalão" desafiam o paladino da justiça de ébano.

O que vejo por agora em momentos copais, é uma imbecilidade inercial fenomenal!
Dai me vem a cabeça fatos como a capacidade dos "brazucas" se mobilizarem para a guerra quando o assunto é futebol, a vontade atávica de querer explodir a cabeça dos adversários com uma barra de ferro, ou algo do gênero, com se fossem bolas de futebol. O acordar do béééélicismo da massa amante de futebois e bundas!
Lembro que filhota de capo da cbf, neta de capo di tutti i capi, twitou em bom tom que o roubo do brasil já aconteceu, agora o negócio é relaxar e gozar!
Essa famíglia é incrível, e não faltam seguidores, até acento que não existe foi vendido oficialmente para a estreia da copa!! E isso foi feito não por famigerados cambistas!!
Lembro que estão sendo acesos todos os pavios sociais para a guerra final, lembro de Ucrânias, Líbias, Afeganistãos, Sírias, etc, etc, etc...
Lembro que nos EUA a vigilância e opressão ao cidadão por um estado totalitário está com força plena, inclusive li que as forças armadas de lá estão mandando para cidadelas perdidas com meia duzia de gato pingado, todo o arsenal militar que dá baixa nas forças armadas, junto a isso tem aquelas histórias de venda de balas, caixões, zumbis e o kralho a quatro.
Lembro que desde sempre eventos internacionais são usados para “sumir” gente em um lugar e fazer ela aparecer em outro, aliás, nessas sumidas já sumiram 6 milhões de judeus na europa e surgiram esses mesmos seis milhões em diversas localidades pelo mundo a fora. Migração exodal é regra em evento mundial.
Lembro que a dilma, fã incondicional de um terrorismo comuna, deseja junto com a PaTota tomar o poder "unasulicamente", lembro também que na verdade isso é arquitetato pelas elites (as mesmas que o poveco acha que são PSDB, DEM e outras imundícies cigladas), é a forma de colocar toda a população refém, sequestrada e escravizada dentro das cidades, para que o "resto" do brasilzão fique só para eles, será permitido ao povo andar nos corredores (vias expressas e vias vicinais) para ir de uma cidade a outra, mas ir em lugares sem vias pavimentadas, nem pensar.
Lembro que os EUA não pactuam com esse papo comunista, mas na verdade pactuam sim, são inclusive os fomentadores de agendas assim, uma forma de dinamizar a industria de arma, droga, e o mais importante, desunir e desmantelar a logística produtiva de regiões parasitadas por eles. É dividindo que se conquista.
Lembro que a NATO (otan) está as portas da Russia, inclusive aliciando até poloneses, e quer tomar o gás russo, tudo com conivência europeia!
Lembro também que estou esquecendo de um monte de coisa...
Juntando essa parcial bagaceira fica claro que acontecer um "atentado" na copa é de uma credibilidade incrível, aliás, crivel! Tem muita gente querendo ver o instinto béééélico dos brazucas em ação, com isso a desestabilização em toda a américa do sul se fará total, será catalítica tal espetacularidade transmitida ao mundo todo via satélites irídiuns, e sabe-se lá mais que satélites que são postos nos céus e não nos contam! Alías, sobre satélites a coisa é grave, merece resetagem, mas por hora...

As mídias já começaram a demonizar as polícias e com razão, visto que o estado legitima o brucutu covarde como agente de lei (não é em vão que existe aquele ditado: "se um sujeito não presta para nada e não tem coragem para ser bandido, ele vira polícia").
É o estado o maior interessado em polícia brutal e covarde, é assim que os agentes salafros do estado se resguardam de serem estraçalhados pelo povo nas ruas! O mesmo se aplica a políciais, até o bandido evita atacar esses seres, pois sabe que a polícia é uma corporação assassina e se matam um agente, eles matam a família toda, os amigos e as famílias dos amigos em represália e depois matam o "assassino".
Fizeram esse tipo de polícia exatamente para que fosse clamada pelo povo as forças salvadoras de até cruzes vermelhas (símbolo templário que estranhamente é usado como sinal de medicina, não é preciso dizer o quão longe devemos ficar desses ambientes).
Se o povo sabe que a polícia é uma organização criminosa não hesita em "destituí-la" com a ajuda das forças ONUficadas.
E a polícia foi feita de personagens dessa têmpera sádica e covarde para que o povo "democraticamente" pudesse destituí-la!
O mesmo está se dando com a governança, coloca-se só excremento no poder e com isso, o povo vai apoiar aos controladores dos fios das marionetes, que apareceram como os paladinos salvadores da ordem!
Tudo isso está escrito de forma absolutamente clara nos protocolos dos "sábios" sionistas e ninguém percebe???
Cria-se o caos, amansa-se os povos com o caos, esse gera um pico de stress, toda catarse gera um relax , com consequente apatia, e assim os verdadeiros governantes (são de outra espécie) podem apertar mais ainda o cerco sem que a presa perceba.

Pão e circo, essa frase ouço desde minha infância nas escolas, e por incrível que pareça, parece que ninguém a ouviu...

Não estou querendo publicar porra nenhuma, mas fico incomodado com a imbecilidade desse povo de merda, e digo todo o povo do mundo e não só brazucas, graças a estupidez galopante um plano medíocre arquitetado por deus com a ajuda de seus judeus está se consumando de forma absoluta!

Graças à imbecilidade total dos brazucas, um rei foi deposto pela república e foi coroado outro, rei do futebol, do pão e circo, um personagem que não fala nada que preste, nem filho sabe criar, ao ponto de estar com o filho na jaula por lavagem de dinheiro de tráfico, fez propaganda de drogas a vida inteira, de cebion a viagra e depois ficou de chororô quando o filho foi preso com cocaína!
O cara continua sendo visto como rei????
Esse “rei” deu exemplos fora do gramado notáveis, além da capacidade de criar os filhos (nem vou citar a filha que ele negava...), graças ao exemplo dele, depois vieram fenômenos que mostraram o quão fenomenais são nas mãos de “meninas” oportunistas e até de cocainados travestis, isso sem contar as conclusões sábias no papel de lobista de copas brazucas!!
É o rei do pão e circo, é o rei republicano, o rei do futebol!
Será que não está na hora de coroarmos um rei de verdade antes que forças ONUficadas reinem totalmente por aqui?

Não precisamos ser tartarugas para sugerirmos que o brasil está na final, pode ser com a Argentina, para que se acirrem os ânimos latinos (é dividindo que se conquista), mas pode vir algum azarão em função da conjunção!

A copa é coisa de capo!
A copa tá pra "capotá" o brasil, a copa abre o capô do brasil, expondo para todos seu coração, suas vísceras, seu motor, torçamos para que não coloquem açucar no combustível, não queimem velas, não trinquem o cabeçote.
Mas se eles não destruírem o motor como é que vão levar para a retífica, a retífica de uma nova ordem mundial?

Publicado por Vapera às 11:37
Link do Post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
 O que é? |

Pesquisar

 

Posts Recentes

Resetando dos chemtrails ...

Resetando oniricamente

Resetando a ultima coisa ...

Resetando religações entr...

Resetando escalaridades, ...

Atualizações

Resetando escalaridades, ...

Resetando religações entr...

Comentários Recentes

Grande Aldo E eu achando que Amanagés não podiam s...
Do caralho! Sensacional! Levei! Sou grato.
Parte2/2A melhor forma de ler qualquer obra, na mi...
Parte 1/2Caro Leandro, Mestres somos nós de nós me...
GRANDE MESTRE.SEUS ARGUMENTOS SÃO FORA DE SÉRIE.CO...
Parte 2/2Percebeu o quão difícil é a resetagem? At...
Parte 1/2Caro L,Fico feliz que se beneficie com o ...
AGRADEÇO ENORMEMENTE A SUA GRANDE CONTRIBUIÇÃO PAR...
Caro Vapera,Desculpe a metáfora, ou figura de esti...
Cara Fada,Minha sugestão:Não dê ouvido a vozes, as...

+ Comentados

Arquivos

Julho 2014

Junho 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Assuntos

aborto(3)

agenda(4)

alimentação(3)

apocalipse(3)

armagedon(3)

armas(3)

blog(3)

blogs(3)

brasil(3)

burrice(7)

censura(3)

china(3)

ciência(3)

conspiração(4)

contrassenso(3)

controle(8)

coprolagnia(3)

corrupção(11)

corrupto(3)

crime(7)

degeneração(5)

democracia(4)

deus(6)

ditadura(4)

divindade(3)

estado(6)

evolução(3)

fim do mundo(3)

google(3)

governo(6)

guerra(3)

judeu(3)

judiciário(4)

juiz(3)

juízo final(3)

justiça(3)

lei(6)

luz(3)

manipulação(4)

medicina(3)

mentira(3)

monarquia(4)

mulher(5)

nação(3)

ovni(3)

parasitismo(4)

pederastia(5)

pedofilia(4)

percepção(3)

políticos(3)

povo(3)

recall(3)

religião(8)

resetar(3)

saúde(4)

sequestro(3)

sexo(4)

sociedade(5)

terra oca(5)

terra sólida(5)

todas as tags

Autor

Subscrever Feeds

Provérbios

1. Todo comedor de cu é um reprodutor de merda.

2. Quando se usa o ânus para sexuar, o cidadão é aquilatado à excreção, pois sexo é reprodução.

3. Nunca acredite que alguém que depende de seu sofrimento poderá te ajudar a não mais sofrer.

4. Antes um inimigo a um amigo burro.